Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Como receber

Famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) que recebam o benefício do Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família) ou que cujo titular familiar tenha algum dependente matriculado na rede estadual de ensino médio regular.

Todas famílias possuem renda mensal de até três salários mínimos nacionais ou renda per capita por mês inferior a meio salário mínimo nacional, conforme critérios do CadÚnico.

Atualmente 527.474 chefes de famílias possuem direito ao crédito que é depositado diretamente nos cartões dos beneficiários. Além disso, no segundo semestre de 2022 foi implementado o pagamento de uma parcela variável, de acordo com o consumo do chefe familiar registrado em nota fiscal, que poderá garantir mais crédito no cartão, conforme as regras do programa.

O primeiro pagamento, em dezembro de 2021, teve como referência a base de dados do CadÚnico de julho de 2021. O segundo pagamento, em abril de 2022, teve como referência o CadÚnico de setembro de 2021 e o terceiro, que ocorreu em julho de 2022, seguiu o CadÚnico de março de 2022. Portanto, as pessoas que cumprem os requisitos em cada uma dessas datas é que receberam os créditos.

Porto Alegre

Na capital, a distribuição dos cartões ocorre na FGTAS de segunda a sexta-feira, das 9h às 14h. O prédio da FGTAS fica localizado na Av. Borges de Medeiros, 521 - Centro Histórico, Porto Alegre.

Interior do Estado

Nos municípios do interior do Estado, a entrega dos cartões ocorre em agências do Banrisul.

Clique aqui para conferir onde será feita a distribuição na sua cidade.

Utilização do Cartão

Após retirar o cartão e assinar o termo de adesão ao Programa, o cidadão pode utilizar o valor imediatamente, caso já possua saldo creditado.

Devolve ICMS